feriado social

O que fazer em Budapeste
Budapeste dia 1

O que fazer em Budapeste – Dia 1

Antes de saber o que fazer em Budapeste, uma pergunta: Você já leu os outros posts sobre Munique, o Castelo da Cinderela e o Natal na Alemanha?

o-que-fazer-em-budapeste

Bom, seguindo com o mochilão pela Europa, de Munique pegamos um trem noturno que levou oito horas até chegar a Budapeste, na Hungria. Como tínhamos dias de sobra entre o Natal em Munique e o Reveillón em Viena, paramos na capital húngara. Preparamos um roteiro de 3 dias por Budapeste e lá fomos nós descobrir o que fazer em Budapeste.

E que parada! Budapeste é sensacional! De verdade. Um lugar que deve ser visitado. Eu fui agora que é inverno, mas com certeza Budapeste é ainda mais bonita na primavera. Por isso que voltarei lá.

A cidade

O mais impressionante de Budapeste são seus prédios iluminados ao redor do rio Danúbio e as cores da cidade. Budapeste tem cores que saltam aos olhos e ficam perceptíveis com a luz do sol. Por isso eu aconselho visitar Budapeste na primavera, pra ver essas cores todas no seu esplendor. Os prédios característicos e a língua indecifrável deixam a cidade ainda mais encantadora com tanto mistério.

o-que-fazer-em-budapeste

A estação de trem

Budapeste é a sexta maior cidade da União Européia e nasceu da junção de duas cidades, Buda Peste. A cidade é cortada pelo magnífico Rio Danúbio. De um lado do rio fica Buda e do outro fica Peste. Chegando na estação de trem de Budapeste, a Budapest Keleti station que fica a mais ou menos 4km do centro da cidade, e tivemos que trocar nossos euros pelos Floríns, o dinheiro cheio de zeros dos húngaros que nos confundiu a cabeça a viagem toda. Da Keleti Station fomos a pé até o hostel.

Onde ficar em Budapeste

Lá ficamos no hostel Big Fish. Eu super indico. O dono é extremamente simpático e atencioso e o hostel é super bem localizado. Fica em um prédio residencial cuja entrada quase nos fez dar meia volta e assassinar a responsável pela escolha. Mas uma vez lá dentro, tudo se resolveu.

O que fazer em Budapeste

O hostel

O lugar é bem legal a pesar da entrada meio assustadora. E ainda dá pra ir a pé da estação de trem. Gostei até da lei que proíbe que se entre de sapatos nos banheiros – isso os mantém sempre limpos.

Dito isso, vem o principal: o que fazer em Budapeste.

O Que fazer em Budapeste

O Museu de História de Budapeste

O que fazer em Budapeste

Nosso roteiro de 3 dias em Budapeste teve a primeira parada depois de fazer checkin no hostel Big Fish. E foi no Museu de História Natural de Budapeste. Era de graça e por isso não me arrependi. Mas não indico a não ser que você faça questão de ir. Só gostei mesmo da parte final, que mostrava cenários da época comunista. Fora isso, não achei que valeu a pena ir.

O que fazer em Budapeste

A foto oficial do Mochilão

Fizemos questão de andar de metrô, já que Budapeste tem o segundo metrô mais antigo da Europa e tem a histórica linha M1, a linha amarela do metrô de Budapeste, que foi a 1º a ser construída.

O que fazer em Budapeste

A mais antiga linha de trem da Europa

O que fazer em Budapeste

E o trem da linha mais antiga

1) Visitamos a Praça dos Heróis (Hösök Tere), com uma colunata de 36 metros de altura que é um dos pontos turísticos mais famosos de Budapeste. Nela estão representadas as figuras dos reis húngaros e outros personagens famosos das guerras de independência, além de estátuas representando a guerra, paz, conhecimento e glória.

O que fazer em Budapeste

Praça dos Heróis (Hösök Tere)

2) No topo da colunata na Praça dos Heróis está situado o anjo Gabriel. A Praça dos Heróis (Hösök Tere) uma praça muito freqüentada pelos moradores da cidade, principalmente aos domingos e feriados. Frente a ela estão os elegantes prédios da Galeria de Artes e Museu de Belas Artes de Budapeste. vale muito a pena a visita. É bem bonito estar ali.

mochilao-pela-europa-o-que-fazer-em-budapeste

Praça dos Heróis (Hösök Tere)

O que fazer em Budapeste

Galeria de Artes e Museu de Belas Artes de Budapeste

Galeria de Artes e Museu de Belas Artes de Budapeste

Galeria de Artes e Museu de Belas Artes de Budapeste

3) Andamos pela avenida Andrassy Ut, uma das mais belas da cidade, considerada como a Champs Élysées de Budapeste. Iluminada para o Natal então, estava indescritível. Esta é uma cidade de prédios elegantes e sóbrios, que parecem transmitir ao visitante um pouco de sua longa história.

4) E fique esperto, porque as fachadas destes prédios antigos escondem dezenas e dezenas de bares, restaurantes e delicatessen, oferecendo pratos e quitutes deliciosos. Fomos conhecer a Ópera de Budapeste, lindíssima e que fica bem na metade da Andrassy Ut.

O que fazer em Budapeste

Avenida Andrassy Ut

O que fazer em Budapeste

Ópera de Budapeste

5) Paramos na praça da Szent István Basilica (Basílica de São Estevão), maior igreja da cidade, construída em 1851. O interior é de tirar o fôlego. Ornado com pinturas, esculturas e afrescos de artistas húngaros é um dos mais belos conjuntos de obra de arte da cidade. Imperdível!

5) Lá perto compramos um ticket para um jantar a bordo de um navio que nos levaria pra lá e pra cá no Rio Danúbio. Reza uma recém-criada lenda que esse passeio é ótimo para iniciar um relacionamento. No nosso grupo deu bem certo!

O que fazer em Budapeste

Praça Central

O que fazer em Budapeste

Szent István Basilica (Basílica de São Estevão)

o-que-fazer-em-budapeste

Szent István Basilica (Basílica de São Estevão)

6) E o que fazer em Budapeste na hora do jantar pós-passeio pelo rio Danúbio. Fomos em um restaurante bem pertinho da Basílica onde pudemos ter um gostinho no bom atendimento húngaro e a famosa Goulash (comida de vaqueiro, em húngaro), um cozido tradicional feito a partir da carne de vaca. Em Budapeste, toda hora é hora pra um Goulash e eu recomendo. Prove sem medo.

No trem para Budapeste, havia conhecido a um alemão que me disse que Budapeste é um dos melhores lugares da Europa para sair à noite. Resolvi ir conferir a dica dele e no próximo post conto como é uma balada em Budapeste.

O que fazer em Budapeste

Update 2016: M-e-u-D-e-u-s como eu era bochechuda!!!

FIQUE POR DENTRO

Pra não perder nenhuma notícia, me segue no twitter e confere as fotos das minhas viagens no instagram. Ah, e todos os vídeos de viagem estão lá no meu canal do YouTube.

3779 Visualizações

Shortlink para este artigo:

Dany Colares

Jornalista, produtora de vídeo e mestra em TV e Cinema pela Universidad San Pablo CEU, de Madri. Já morou em San Diego, Madri e agora vive em Londres, de onde escreve sobre lugares, pessoas, baladas e tudo mais que descobre em suas viagens pelo mundo.

COMENTÁRIOS

Gostou do post? Me diz o que pensa!





CommentLuv badge

* Campos de preenchimento obrigatório