feriado social

Viagem pela Europa – Munique e a Oktoberfest

Nosso trajeto por Munich

Por mais admiradora e bebedora de cerveja que eu fosse, não dava pra ir pra Oktoberfest dois dias seguidos. Não iria ter fígado que resisitisse.

Então depois da nossa estréia na Oktober aproveitamos o outro dia para passear por Munich. Eu já tinha ido lá em dezembro do ano passado, então era uma questão de conhecer outras coisas.

Munique é muito bonita e me surpreendeu da primeira que em que estive lá. Acho que no geral, três dias por ali é o ideal. É muito fácil se encontrar em Munique seja a pé ou de transporte público.

No final o que resolvemos foi nos perder pela cidade, sem muito rumo. Então saímos da Estação Central Hauptbahnhof e seguimos reto pela Bayerstrabe a caminho da Karlsplatz.

Parada para fotos e seguimos pela rua Neuhausse com suas várias lojas. Por ali fica a Karstadt, a maior loja de departamentos de Munique. Essa mesma rua logo depois vira a Kaufingerstrabe e as lojas seguem te chamando para compras. Além das lojas, igrejas e prédios fofíssimos, exatamente o que você espera da Alemanha.

Depois de resisitir e não comprar nada, chegamos na Marienplatz. Famosíssima, nesta praça fica o prédio da prefeitura de Munich, o Rathaus e ali, às 11h, 12h e 17h 32 bonequinhos encenam batalhas e danças ao redor do relogio do edifício, o Glockenspiel.

Karlsplatz
A loja de departamentos Karstadt
Prédio na Kaufingerstrabe
Marienplatz

Da Marienplatz pegamos a rua After Hof e seguimos até a  Max Joseph Platz, onde fica a Ópera de Munique. Ali se vê parte do que é chamada de Residência de Munique, o maior palácio urbano da Alemanha, residência de antigos duques e reis da Baviera.

Hora de seguir pela Maximilianstrabe e parar para um starbucks quentinho e ficar vendo as pessoas indo e voltando pela rua, felizes e contentes como se não houvesse amanhã. O café também serviu pra dar mais gás, porque vou te contar, a Maximiliasntrabe é grande. Bem grande.

Ali fica o prédio do Governo da Bavária. Muito bonito. Na frente, algumas estátuas de ficuras importantes da história da Bavária. A que eu mais gostei foi a do Erasmus Von Deroy, o grande general de Infantaria da Bavária.

Caminhando mais e mais chegamos sobre uma das pontes sobre o rio Isar, que divide a cidade de Munique. Logo ali na frente estava o Maximilianeum, que atualmente é o prédio do Parlamento de Munique. Aqui finalmente acabou a Maximilianstrabe.

Max Joseph Platz
O prédio do Governo da Bavária
O General Bavário Erasmus Graf Von Deroy
O rio Isar, sob a Maximilianstrabe
Maximillianeum, no fim da Maximillianstrabe

Mas não o nosso passeio. De lá giramos a esquerda e entramos no Englischer Garten, o Parque dos Ingleses, o maior parque urbano do mundo – maior que o Central Park. Cruzamos o parque e saímos na Prinzregentstrabe, bem pretinho da estátua Friendsengel. Continuamos pela Prinzregentstrabe. Quando chegamos a outra ponte sobre o rio Isar, vimos uma cena sobre a qual eu já tinha ouvido falar: o surf no Rio Isar. Um grupo de 8 surfistas pegando ‘altas ondas’ no meio do Parque dos Ingleses, ali, no rio Isar. E muito mais gente olhando.

Friendsengel, saindo do Englischer Garten
Surf na Pororoca? Não. Surf no rio Isar

Depois da parada, seguimos pela Prinzregentstrabe até o final e chegamos no Hofgarten, um lindo jardim no centro de Munique, que fica entre o Englischergarten e o antigo Palácio Real dos monarcas da Bavária, a Residência de Munique, aquela mesma que dá pra ver lá da Max Joseph Platz.

No centro do Hofgarten, tem um pavilhão em homenagem da deusa Diana, deusa da caça. O Hofgarten foi destruído na II Guerra Mundial e totalmente resconstruído depois.

Do Hofgarten seguimos para a Odeonsplatz. Ao redor da praça estão o Feldherrnhalle, o hall dos heróis, que é uma homenagem do rei Ludwig I aos generais de seu exército. Ali também fica a Igreja Theatinerkirche e o Salão de Festas da Residência de Munique.

O Pavilhão no meio do Hofgarten
Odeonsplatz
Theatinerkirche
Feldherrnhalle
Salão de festas

De lá andamos pela Theatinerstrabe e voltamos para a Marienplatz. Vimos o showzinho dos bonecos e paramos para comer. Em uma casa de cervejas, é claro. Paramos na Augustiner Grabgaststatte. Depois das salsichas, do frango assado voltamos pela Karlsplatz para a Bayerstrabe e de lá novamente para a Estação Central.

No próximo post, o fim do passeio por Munique com o BMW Velt e o Allianz Arena.

2733 Visualizações

Shortlink para este artigo:

Dany Colares

Jornalista, produtora de vídeo e mestra em TV e Cinema pela Universidad San Pablo CEU, de Madri. Já morou em San Diego, Madri e agora vive em Londres, de onde escreve sobre lugares, pessoas, baladas e tudo mais que descobre em suas viagens pelo mundo.

COMENTÁRIOS

  1. FERNANDO TABALIPA disse:

    Boa tarde…Estou programando minha lua de mel para europa e devo pegar o último final de semana de setembro até metade de outubro. Tenho vontade de visitar Munique, por causa da Oktober. Você recomenda, ou é melhor deixar para o final da viagem. É tudo muito caro, vale mesmo a pena, a cidade não fica superlotada???
    Nosse período que fosses para a Europa, como estava o clima? Alguma recomendação para quem vai nesses período de viagem.

    Abraço

    Fernando Tabalipa

    • Fernando,

      SUPER INDICO a Oktoberfest. Pode nao ser a primeira opçao para uma lua de mel, mas vc nao vai se arrepender. E a cidade tem muito o que te oferecer. Nao faz muita diferença em ir no começo ou no fim da viagem, na verdade. Acho que vai depender mais do seu planejamento com as outras cidades do que dos gastos. Talvez no começo da lua de mel vc queira algo mais romântico, suponho. E ai termina a viagem com brindes de jarras de verceja! 🙂
      A cidade nao é absurdamente cara. Por exemplo na Oktoberfest o litro de cerveja tem o preço tachado. Ano passado era 8 euros o litro. E frio estava, sim. Nao vou mentir. Era uma média de 8º ou 6º.
      Eu recomendo vc se hospedar perto da Oktoberfest, porque é bem no centro da cidade. E chegar cedo, tipo, 11h ou 12h pra chegar cedo, pegar boa mesa, beber e dormir cedo pra aguentar o turismo do outro dia. E de resto, beber sem moderaçao e se divertir bastante!
      Me conta se der certo, por favor.

      Bjs,

      Dany

Gostou do post? Me diz o que pensa!





CommentLuv badge

* Campos de preenchimento obrigatório