feriado social

Como organizar um mochilão?

Muita gente vem me perguntar como organizar um mochilão. Do alto dos meus anos viajando de mochila nas costas, tenho várias dicas e uma opinião bem formada sobre como se preparar para um mochilão.

Esse mochilão  que fiz em julho passando por Roma, Praga, Berlim e Londres foi totalmente organizado em cima da hora. Sem roteiro, nem planejamento, nem compras antecipadas de passagens.

mochilao-londres-berlim-roma

Comprávamos as passagens com no máximo dos dias de antecedência. Ênfase em no máximo porque quase sempre comprávamos os bilhetes quando chegávamos no hotel, à noite, para o dia seguinte. Teve vôo comprado no próprio aeroporto, 4 horas antes de viajar. #Choca!

O mesmo acontecia com os hotéis. Reservamos hotéis no meio da rua, usando a wifi de cafés e de lá íamos nós pro hotel escolhido. A grande vantagem? Era tudo feito ao nosso bel prazer, de acordo com o que decidíamos durante o dia. Podíamos ficar mais em um lugar caso gostássemos, podíamos ir embora de uma cidade na hora que nos desse na telha.

mochilao-londres-berlim-roma

Deu tudo certo? Super deu! Eu indico fazer isso? Nao!

Posso falar com propriedade de quem já viajou com/sem/quase sem/quase com organização que isso encarece bastante a sua viagem e te dá uma preocupação que eu não acho legal ter: chegar no hotel e ao invés de descansar, ir pra internet pesquisar as coisas.

E a liberdade de poder ficar um dia a mais ou a menos no lugar não valia a pena. Programação, organização e saber o que se ia fazer no dia seguinte vale muito mais na minha opinião.

O primeiro item da lista de como organizar um mochilão é tempo. Organize com antecedência

Depois, paciência. Pesquise muito. Leia blogs, pesquise hotéis, ingressos, promoções, festivais de música, de cinema, greves programadas. Busque dicas, roteiros já feitos por outras pessoas, evite roubadas nas quais outras pessoas já caíram.

Antecedência e paciência são itens fundamentais. E internet então, nem se fala.

mochilao-londres-berlim-roma

No meu mochilão por Londres, Berlim, Praga e Roma felizmente deu tudo maravilhosamente certo. Todos os vôos deram certo, viajar de trem foi maravilhoso, nos hospedamos em hotéis e flats muito  bem localizados e excelentes em qualidade que foram reservados, como disse lá em cima, no meio da rua. O de Praga e o de Berlim foram grandiosas surpresas de última hora.

Mas sinceramente? Se perguntar pra mim eu digo “Não faz isso, não”.

Melhor mesmo é gastar seu tempo livre em casa, meses antes, pesquisando, lendo, buscando informações, opiniões, dicas. Faz parte do processo de mochilar e é tao bom ter esse friozinho ansioso na espinha organizando tudo, vendo fotos e se imaginando no lugar.

mochilao-londres-berlim-roma

__________________________

Já curtiu a fan page do blog? www.facebook.com/FeriadoPessoal
Siga todas as viagens também pelo Instagram: @FeriadoPessoal

2865 Visualizações

Shortlink para este artigo:

Tags:

Dany Colares

Jornalista, produtora de vídeo e mestra em TV e Cinema pela Universidad San Pablo CEU, de Madri. Já morou em San Diego, Madri e agora vive em Londres, de onde escreve sobre lugares, pessoas, baladas e tudo mais que descobre em suas viagens pelo mundo.

COMENTÁRIOS

  1. Renilse disse:

    Dany,

    Eu nunca mochilei e não sei se conseguiria fazer esse esquema “em cima da hora”….sou meio estressadaaa rsrsr. Pelo que vi nas fotos vc viajou com um pequeno grupo..não é pior esse esquema quando há mais pessoas? Te pergunto pela hospedagem e vagas nos vôos…só curiosidade mesmo.

    Conseguiu alguma promoção de vôo ou hospedagem de última hora?

    Um abraço,

    Renilse

    • Renilse,

      por incrível que pareça conseguimos um preço bem bem bom nas hospedagens em Berlim e em Praga. Sorte pura!
      Na verdade meu irmao e eu éramos os únicos sem lenço nem documento.
      Mas realmente, assim sem programaçao viajando em grupo as coisas ficam um pouquinho mais difíceis!
      😛

  2. Oi Dany, hoje há um post sobre seu blog na página do Facebook do Mundo Pequeno:
    https://www.facebook.com/#!/mundopequeno
    Também postei um link no Twitter: @mundo_pequeno
    Bj

  3. Daniel jr disse:

    oi Dany,
    Adorei tudo que eu escreveu mas gostaria de lhe colocar um outro lado da viajar sem programação, o ¨medo¨ de saber se conseguirá, de testar sua paciência, sua pesistência, sua resistência e sua improvisação, são sensações que programação nenhuma te fará sentir..sensações que raramente buscamos mas que em uma viagem sem programação vc consegue(e são muito boas!!rere)…Quando vc viaja, não busca novas emoções??? então….. mas que é mais caro isso é!!hahahah, bjos Dany.

    • Olhaeeeeeeee, Daniel Jr comentando!!!!!
      Ah, a emoçao vale a pena, neh?!
      Até a irritaçao vale a pena quando a grana nao ta pequena.
      Agora só nao dá pra ir por Marrocos sem programçao.
      Já pensou???
      Íamos ter que viajar horas e horas de camelo!
      NAaaaaaaaaoooooooooo
      HAhahahahahha

Gostou do post? Me diz o que pensa!





CommentLuv badge

* Campos de preenchimento obrigatório