feriado social

Casamento turco
Dando vexame na Turquia

Como eu fui parar em um casamento turco

O Convite para o casamento turco: eu decidi viajar para Istambul porque fui convidada para ser madrinha de casamento do Dervis, um grande amigo que conheci em Madri.

Casamento turco

No mesmo dia em que o convite chegou na minha casa, comprei as passagens cheia de honra pelo convite para participar do casamento dele. Então alguns meses depois, mais 4h de aviao e outras 9h de trem noturno depois, eu estava em Ankara, na Turquia, me maquiando para um casamento turco.

A capital da Turquia

Ankara  é a capital da Turquia e uma importante cidade comercial, industrial e cultural. Também serve como centro de comércio para a zona agrícola que a rodeia.  Hoje em dia é a sede do Parlamento Turco, dos ministérios e demais instituições governamentais turcas assim como das embaixadas diplomáticas estrangeiras. Fica tudo em Ankara, como em Brasília.

O que ver em Ankara

Localizada no centro da Anatólia, Ankara tem várias universidades, a Biblioteca Nacional, o Museu Arqueológico, o Museu Etnográfico e o Museu das Civilizações da Anatólia. O Mausoléu de Kemal Atatürk – Antkabir -, a figura mais importante da Turquia do século XX, também está localizado em Ankara.

Se você estiver por ali, estes são itens obrigatórios da lista de o que fazer em Ankara.

Casamento turco

O Casamento Turco e o meu vexame público

O casamento turco aconteceu no último andar de um restaurante no centro de Ankara. Estava marcado para as 20h e começou exatamente no horário. Pena que eu não sabia disso e acabei me atrasando.

Chegamos e ao sair do elevador escuto alguém chamar meu nome. Era o noivo, de braços dados com a noiva, em pé no fim do corredor, me dando tchau e sorrindo nervoso naqueles segundos que antecedem a entrada no salão.

Casamento turco

Veio um rapaz apressado com uma lista na mão e me perguntou em turco qual o meu nome. Bom, acho que foi isso que ele perguntou, porque imediatamente o Dervis gritou lá de trás: “Dany!”. Então o rapaz pediu que entrássemos no salão que ele nos levaria a nossa mesa, a 19. E foi então que a coisa aconteceuMaldito timming.

No exato momento em que o rapaz da lista na mão nos mandou entrar, o outro rapaz, o do microfone, que estava dentro do salão, anunciava a entrada dos noivos. E quando colocamos o pé dentro do salão mil luzes coloridas se acenderam, música começou a tocar, papel laminado caiu do teto  e todo mundo começou a nos aplaudir. Fomos aplaudidos por alguns milésimos de segundos, mas na minha cabeça aquele vexame durou horas.

E então todos se deram conta de que não faziam idéia de quem nós éramos e pararam de aplaudir. E nós, desejando um buraco grande o suficiente para nos enterrarmos. O jeito foi sorrir amarelo e andar até a mesa enquanto eles arrumavam todas as luzes e os confetes de novo pra entrada dos noivos de verdade.

Sentada na mesa eu só conseguia rir da situação, m-o-r-t-a de vergonha. Poucos segundos depois os noivos entraram e aí sim, os aplausos, as luzes e o papel picado eram para as pessoas certas. E assim começava um Casamento Turco.

O ritual de um Casamento Turco

Os noivos entraram de braços dados no salão. Sentaram-se em uma mesa onde já estava uma senhora. Sentaram-se em frente à ela, que começou a falar uma que outra coisa.

Alguns poucos minutos depois, não mais que dez, ela estendeu o microfone pra ele, e ele falou que SIM. Depois estendeu pra ela, e ela também falou que SIM. A senhora na frente deles falou mais alguma coisinha e todo mundo aplaudiu. Eles estavam casados.

Se levantaram, nós fomos chamados, todas as testemunhas reunidas, assina daqui, assina dali e começaram a fazer fotos.  Pronto.  Meu amigo estava casado. Em Ankara. Na Turquia. E eu estava lá.

Aquele era um casamento muçulmano simples, pequeno, para poucos convidados. Não havia mais do 200 pessoas na festa. Oi? Pequeno?

Depois da sessão de fotos veio a valsa dos noivos, com uma música que em inglês, que depois o Dervis me explicou que era a que ele cantava pra ela desde que se conheceram. As testemunhas dançaram, os pais dos noivos dançaram e os noivos seguiam ali dançando com um sorriso imenso na cara.

E ele a beijava enquanto dançava e ela sorria e eu vi que são esses micro minutos que me fazem adorar casamento dos outros. E a cara deles era um mixto de nervosismo, felicidade, vergonha e amor que só quem casa tem. Eu eu olhava pras pessoas na mesa e todos olhavam para os dois com a mesma cara que eu.

O jantar do casamento turco e minha segunda vergonha

Assim que os noivos acabaram de dançar começaram a ser servidos os pratos do jantar. Entrada + primeiro prato + segundo prato + sobremesa + bolo do casamento. Muitas verduras, queijo e peru. Não tinha carne vermelha nem porco no menu.

O garçom veio perguntar o que eu queria beber e eu disse que vinho estaria bem. Aí ele se aproximou de mim e disse “only soft drinks, miss.” Pois é, n~åo era mesmo meu dia. Era meu 1º casamento sem álcool.

Casamento turco

Nesse meio tempo todas as pessoas da mesa vieram se apresentar em inglês. Perguntavam como tinha sido a viagem até Ankara, que tal havia sido Istambul, o que havíamos feito no dia… Todos extremamente simpáticos e educados o suficiente como para não mencionar a gafe de antes e ainda disseram que “não, imagina, vocês não chegaram tarde nem nada.”

E jantamos e conversamos como quem já se conhecia de outros carnavais. Mais outros vários pontos para a simpatia turca.

E depois do jantar eles vinham perguntar se não queríamos subir com eles. Eles iam fumar. Não, obrigada, não fumo. E todos se foram. A mesa ficou super vazio durante alguns momentos. As pessoas todas foram ao terraço fumar. E eu já tinha percebido isso, as pessoas fumam muito na Turquia. Ao menos lá é bem mais civilizado do que na Espanha, e ninguém fuma na sua cara no meio do jantar.

Os presentes aos noivos e minha terceira vergonha

Depois do jantar os noivos começaram a circular pelo salão, naquele esquema fotos-de-mesa-em-mesa. Mas não era só isso. No meio desse passeio, a noiva levava presa à mão uma sacolinha de cetim branca e uma fita vermelha ao redor do pescoço, assim como o noivo, que levava uma fita branca.

E quando eles estavam se aproximando da nossa mesa, vi os casais de cada pegando alguma coisa e entregando aos noivos. Perguntei o que era claro, qual era a tradição. E o Unur me explicou que tradicionalmente se dá algum presentinho ao casal nesse momento.

Casamento turco

Em geral ouro, por tudo que o ouro representa. Que o normal é que se dê uma medalhinha de ouro ou um broche de ouro. Algo assim. Ele e a namorada dariam uma medalha de ouro para o noivo e outra pra noiva. E essas medalinhas de ouro cada convidado prende nessas fitas penduradas ao redor do pescoço do noivo e da noiva.

E mais uma vez lá estava eu, sem nada de ouro pra dar pro casal. Não sei vocês, mas não tenho o costume de levar ouro pra casamentos. Tem quem dê outro tipo de presentinho também, que pode ser uma pedra de ouro, por exemplo, e por isso a noiva leva a bolsinha, para guardar o que ganhar.

Tiramos fotos com os noivos, que depois seriam vendidas por 2€ cada uma, ali na entrada do salão. Eu comprei, claro. Era o mínimo que eu podia fazer.

O que vestir em um casamento turco

Eu estava um pouquinho preocupada com a roupa que iria vestir no casamento, por isso fui de longo preto. Mas a preocupação resultou desncessária. Todas as mulheres estavam vestidas como em qualquer casamento brasileiro ou espanhol. Havia poucas mulheres com lenço sobre o cabelo. Geralmente as mulheres mais velhas das famílias do noivo e da noiva.

Casamento turco

Fomos dar uma volta no terraço e quando voltamos, a pista de dança estava pegando fogo, com todo mundo dançando os sucessos turcos. Nós também fomos dançar, claro.

Fique por dentro

Pra não perder nenhuma notícia, me segue no twitter e confere as fotos das minhas viagens no instagram. Ah, e todos os vídeos de viagem estão lá no meu canal do YouTube.

11360 Visualizações

Shortlink para este artigo:

Dany Colares

Jornalista, produtora de vídeo e mestra em TV e Cinema pela Universidad San Pablo CEU, de Madri. Já morou em San Diego, Madri e agora vive em Londres, de onde escreve sobre lugares, pessoas, baladas e tudo mais que descobre em suas viagens pelo mundo.

COMENTÁRIOS

  1. claudia doepfer thompson disse:

    Gostei bastante poder ver fotos de casamento e aprender mais sobre o país do meu noivo.
    Vou me casar em 2012 na Turquia e gostaria de ajuda, eu sou brasileira e meu noivo é turco.
    Como me vestir para o casamento, simples, no cartório neste país, não quero fazer nenhuma gafe, pois no Brasil usamos roupas decotadas e sei que neste país o decote não bem visto, embora eu tenha notado que o vestido desta noiva em questão não é tão fechado, já a foto em que uma noite tinha um vestido totalmente fechado da cabeça aos pés.
    Gostaria de ver fotos de vestidos de casamento na Turquia.
    Não quero nada muito devotado, mas também não quero nada muito fechado, e não quero fugir muito das tradiçoes pelo menos no dia do casamento.
    Será de grande ajuda.
    Aguardo contato.
    Agradeço desde já.

    • Claudia,

      acho que a sua escolha depende muito de uma conversa com seu noivo. Porque depende basicamente da religiao dele e de qual fiel as tradiçoes a familia dele é. Imagino que ele deva ser muçulmano, mas cada família tem a sua propria maneira de viver sua religiao. Entao tendo em mente que a diferença entre um vestido de casamento turco e um brasileiro é super pequeno, tenta conversar com ele pra saber quais as tradiçoes da família dele, o que se costuam vestir. Mas eu confesso que me surpreendi, porque o que vestir no casamento era uma grande duvida para mim, e no fim vi que elas se vestem muito parecido às mulheres brasileiras. Agora uma coisa ñe certa, elas capricham bastante na maquiagem. Estao as 24h do dia lindas e maquiadas. Em festas entao, mais. Se você quiser, me manda um e-mail que eu posso pedir ajuda pra esposa do meu amigo, de algum site ou algo assim. E ela, como turca vai saber te ajudar bem mais que eu.
      Bjs!

  2. Susete Flores disse:

    Oi Dany, adorei seu jeito de contar… Sabe, estou querendo saber mais sobre a Turquia, cuja história me encanta.
    Não sei se vc ainda está aí em ankara, mas conte algo sobre a beleza e o jeito de ser das mulheres daí, já li que usam muita maquiagem, e que Istambul tem de tudo…
    Um abraço, Susi.

    • Dany disse:

      Rapaz,

      Turquia é linda e tem praias fabulosas. Merecem muito uma visita.
      Tenho planos de voltar a Instambul porque é encantadora.
      As mulheres realmente sao lindas, de pele clara e rostos delicados e bem marcados. E, sim, usam maquiagem como ninguém.
      As roupas, apesar da religiao, sao muito parecidas com as do Ocidente.
      No casamento que eu fui, nao havia nada de muito diferente do que estamos acostumadas a usar, nao.
      🙂

  3. Dany disse:

    Dany, confesso que ri dos seus micos. Todo mundo que já morou fora passou por isso, inclusive eu. No primeiro Natal, levantei à meia-noite para brindar e abraçar os familiares do namorado e fiquei no vácuo, rs!

  4. Amei tudo que li…namoro um turco
    Esclareceu muita coisa para mim..como vestimentas, maquiagem…temperamento dos turcos..

  5. Amanda disse:

    Que aventura em! rsrs

    Lindas fotos!
    Amanda postou recentemente sobre 10 Dicas Práticas para Seu CasamentoMy Profile

  6. Marcia Vale disse:

    Adorei a forma que contou o casamento turco, ri muito dos seus micos…rsrsrrs. Encontrei seu blog por acaso e amei de verdade. Bjão

  7. Jennifer disse:

    Nossa Muito massa amei, é muito diferente me matei de rir aqui rsrs. Você passou por uma experiencia nova isso é legal.

  8. Sonia disse:

    Olá adorei o post muito bom parabéns bjs

  9. Ale Silva disse:

    Nossa e pensar que eu vou para Irlanda final do ano, certeza que os micos virão hehehe.
    Bj!

    http://programanamoradainstantanea.com

  10. S Santos disse:

    Rsrsrs…
    Muito divertido esse artigo, para que nunca foi, ajuda a fazer a previsão de alguns micos, mas o que vale mesmo é experiencia de momentos felizes.
    Gostei da narrativa.
    Muito bom!

  11. Luiza disse:

    Acho que deve ser muito legal um casamento turco, as culturas são muito diferentes. Eu toparia fazer meu casamento na Turquia e alguém de vocês aí toparia também?
    Muito legal o artigo, gostei pra caramba.
    Luiza postou recentemente sobre Tiaras Para Bebe: Clique Aqui E Aprenda A Fazer De Uma Forma Simples.My Profile

  12. Mariana disse:

    Adorei as dicas.

    Blog show de bola.

    Abraço!
    Mariana postou recentemente sobre 30 Modelos Lindos de Anel de Casamento + Significado Completo!My Profile

  13. Karen disse:

    Nunca tinha visto isso, muito legal mesmo, um verdadeiro Casamento de Sucesso
    Karen postou recentemente sobre Por: Karen CoelhoMy Profile

  14. cintia disse:

    uma verdadeira aventura rsrsrs beijo linda

  15. Juliano disse:

    Site muito legal, adorei ver esses costumes diferentes.

    Continue assim! Parabéns!

  16. Fida disse:

    Muito lindo seu blog. Parabens

  17. casamentos é tão importante, e esse ai ta muito lindo
    aqui tem um artigo sobre casamento também veja: http://casamentodesucesso.ml/

  18. Ingrid disse:

    Sempre tive curiosidade de saber sobre isso, gostei muito.

  19. Juliana Costa disse:

    Ah, que legal este estilo de casamento. Quando meu bebê nascer, espero já estar casada e fazendo uma festa bem bacana igual a esta, não necessariamente igual, mas bem interessante e um pouco diferente das demais, para não ficar na mesmisse.

  20. aline disse:

    quantas curiosidades gostei

  21. Larissa disse:

    Adorei seu artigo, muito rico de conteúdo, eu nunca tinha lido nada tão bem detalhado a respeito de casamento turco. brigado por compartilha.

  22. mauren disse:

    adoro a turquia
    mauren postou recentemente sobre como organizar um casamentoMy Profile

  23. renata disse:

    Nossa eu amei esse estilo de casamento ficou lindo

  24. Aline disse:

    Eu não ia querer que o meu casamento fosse um casamento turco, mas ir ao casamento como convidada eu adoraria!

  25. Muto lindo esta festa de casamento…Tudo dentro dos costumes e muito bem abordado belo blog …Bjs
    Santa Lembrancinha – Chinelos Personalizados postou recentemente sobre Conheça algumas cerimônias alternativas de casamento para casais inovadoresMy Profile

  26. Marcos disse:

    Que artigo sensacional, vou ter que colocar esse blog em meus favoritos…
    Marcos postou recentemente sobre Mãe não aceita que médico negro atenda seu filho… INACREDITÁVEL…My Profile

  27. Aline Dias disse:

    Gostei muito do seu artigo, muito bem escrito. Acho muito interessante conhecer outras culturas. Amei..

  28. Paula Neves disse:

    Nossa, amei seu artigo Flor. Meus parabéns mesmo!
    Gostei muuuuuuuito!

  29. Diana disse:

    Gratidão por compartilhar mais informações sobre a historia da turquia através do seu jeitinho de contar. Bjus!

Gostou do post? Me diz o que pensa!





CommentLuv badge

* Campos de preenchimento obrigatório